::: Quer Saber? :::
:: Publicidade
::::: O básico
::::: Campanha
::::: Conceituando
::::: Criatividade
:: Agência
::::: O básico
::::: O que é?
::::: Estrutura
::::: Briefing
:: Mídias
::::: Televisão
::::: Rádio
::::: Impressos
::::: Cinema
::::: Internet
::::: Mídia Externa
:: Marketing
::::: O que é
:::::
Esportivo
::::: de Interrupção
:: Merchandising
::::: O que é
:::::
PDV
:: Subliminar
::::: O que é?
::::: Como funciona
::::: Tipos de...
::::: Cores
::::: Exemplos
:: Design
::::: O que é?
::::: Exemplos
:: Cases
::::: O que é?
::::: Caldo Maggi
::::: Delícia
:: Curiosidades
::::: Diversas
::::: Glossário
::::: Eu, etiqueta
::::: Curtas
::::: Cultura Inútil

 

 Cinema 

::: Divisões :::
:: Cinema Nacional


       Antigamente, anunciar em cinema era inviável pelos elevados custos de produção em 35 mm. Hoje, tornou-se mais acessível dado aos avanços tecnológicos que permitem que comerciais feitos inicialmente para TV, sejam facilmente convertidos para esta mídia.

       A indústria do entretenimento em geral, da qual o cinema faz parte, acena para um futuro muito promissor.

       Seu principal público é o jovem, das classes A e B, residente em áreas urbanas.

Pontos positivos:

  • Custo menor;
  • Bom índice de atenção (o espectador nada mais tem a fazer, já que está ali para olhar a tela);
  • Possibilidade de causar bom impacto audiovisual (tela maior que a televisão, som, cor, movimento, de impacto).

Pontos negativos:

  • Audiência limitada;
  • Audiência crítica (olham os comerciais com negativismo);
  • Baixa cobertura e longo tempo para alcançar a cobertura máxima;
  • Dificuldade de controle e fiscalização.

 

 
Notícias Vip

 
Se você quiser
receber notícias Vip,
cadastre-se:

 

O 1º Portal Catarinense de Publicidade e Propaganda