::: Quer Saber? :::
:: Publicidade
::::: O básico
::::: Campanha
::::: Conceituando
::::: Criatividade
:: Agência
::::: O básico
::::: O que é?
::::: Estrutura
::::: Briefing
:: Mídias
::::: Televisão
::::: Rádio
::::: Impressos
::::: Cinema
::::: Internet
::::: Mídia Externa
:: Marketing
::::: O que é
:::::
Esportivo
::::: de Interrupção
:: Merchandising
::::: O que é
:::::
PDV
:: Subliminar
::::: O que é?
::::: Como funciona
::::: Tipos de...
::::: Cores
::::: Exemplos
:: Design
::::: O que é?
::::: Exemplos
:: Cases
::::: O que é?
::::: Caldo Maggi
::::: Delícia
:: Curiosidades
::::: Diversas
::::: Glossário
::::: Eu, etiqueta
::::: Curtas
::::: Cultura Inútil

 


 Propaganda Subliminar 

 


        Alguns Exemplos

        A PROPAGANDA SUBLIMINAR está em quase todos os lugares. Filmes como Darty Dance quando a dançarina famosa não lembro o nome dela começa a dançar ao fundo atrás da janela um out-dor da Starup. Nesse tempo a Starup estava sem dinheiro para fazer uma propaganda, divulgar sua roupa pois as vendas estavam péssimas, foi quando tiveram a idéia de colocar uma propaganda que não pesaria muito no seu bolso. Alguns meses depois do filme ser visto, acabaram os estoques das lojas e da fábrica. Nas Histórias em quadrinhos, lembra do Popeye? Os EUA estavam com a sua safra de espinafre quase perdida por falta de compradores foi quando o governo encomendou um desenho, foi daí que surgiu o Popeye que comia espinafre e ficava forte. Acabaram com todo o estoque, mães comprando para os filhos, filhos querendo comer para ficar forte.

        No cigarro como o do marLBoro, as letras L e B, bem maiores que as restantes o que parece um pênis. Os dois cavalos empinantes um com coroa e o outro sem um passivo e o outro ativo. E no círculo os dizeres "Vini, Vidi, Vici", que significa "VimVi venci", além da idéia de poder, este é o lema de Júlio César, imperador de Roma que tinha um caso com a rainha de Roma mas também gostava de homens. A terra de marLBoro é aonde os homens se encontram. "Venha para o mundo de marLBoro", onde nos reclames só tem homens e nenhuma mulher bonita.

        Influência do Cinema e TV

        Na tarde do dia 16/dez/97, quase 12 mil crianças japonesas foram afetadas pelas cenas de Pokemon, desenho animado que nasceu de um mini-game, virou desenho animado e agora filme no cinema. Do total das pessoas afetadas pelo Pokémon, que é uma junção das abreviatura de Pocket (bolso) e Mon (monster=monstro), 600 precisaram ser internadas em hospitais locais.

        Em maio de 99, em Denver, Colorado (EUA), dois jovens abriram fogo contra dezenas de colegas na escola. Tinham idéias nazistas, fabricavam bombas através da Internet, eram viciados no jogo 'Doom', e é muito provável que tenham se inspirado no filme 'Diário de um Adolescente' estrelado por Leonardo de Caprio, que interpreta um jovem drogado de N.York, que jogava basquete nos anos 60. Num de seus delírios, imagina-se na sala de aula de sua escola, vestido com uma capa preta e matando todos ao seu redor.

        Os Power Rangers foram proibidos no Canadá . A Corte Suprema chegou a conclusão que a maioria dos crimes na adolescência era devido a influência deles. Foram criados por uma seita satânica no Japão - Iokamura em 1972. Um garoto estava brincando no Panamá, com os P.Rangers das 8 as 12 hs, quando caiu e começou a retorcer-se. Levantou-se, pegou uma faca e tentou matar o irmão de 2 meses e dizia "No Risen to live" - Não há razão para viver.; conforme a tradução que vai para o Panamá.

       
Influência da Música

        São muitos os delitos relacionados não só ao rock, mas aos ritmos dos mais variados que tem surgido nestes últimos anos em geral . A imprensa tem se encarregado de publicar crimes dos mais hediondos, dos mais perversos que se tem noticia. Segue uma lista de alguns destes crimes, noticiados pela mídia impressa e eletrônica:

  • Na madrugada de 06 de Janeiro de 1985 em S.Paulo, Roberto Agostinho Peukert Valente, um jovem de 18 anos, quando ouvia música rock tarde da noite, ficou totalmente fora de si, ao ser repreendido pela mãe. Irado, depois de 20 minutos, acabou matando os pais e mais 3 irmãos a tiros e facadas. 07.01.85 - Depois de preso, foi apurado que era aficcionado pelo som das bandas Chilliwack (do Canadá), Yes, Eletric Light Orchestra e Pink Floyd. (Isto É:16.01.85 - Jornal da Tarde:13.07.85 - Folha da Tarde:13.07.85.)
  • Em outubro de 1984, John McCollum , de 19 anos, se matou com um tiro na cabeça enquanto ouvia Suicide Solution (A solução Suicida), de Ozzi Osbourne. Ele ainda estava com fones de ouvido quando o corpo foi encontrado. (Folha de São Paulo:23.01.86)
    - Dennis Bartts , 16 anos, de Center Point , Texas informou a um amigo que pretendia encontrar Satan , foi ao campo de futebol da escola e se enforcou na trave enquanto ouvia "Highway do Hell " ( AC/DC) em um walkman.

        Suicídio

        O suicídio nada mais é que, o ato de tirar a própria vida, ou matar a si próprio, em outras palavras o suicida também é homicida. O suicídio hoje já é a terceira causa da morte de jovens e adolescentes, só perdendo para os acidentes e os homicídios. Várias são as referências diretas e indiretas (subliminares) a respeito do suicídio em quase todos os estilos de música, em especial no rock. Citaremos a seguir alguns depoimentos, declarações e trechos de músicas que tratam (ou induzem) sobre suicídio:

  • Blue Oyster Cult - Na música intitulada "Don't fear the reaper" (Não tema o ceifador) eles aconselham uma jovem que está pensando em suicidar-se: "Baby, tome a minha mão. Não tenha medo de satanás. Baby, tome a minha mão..." no fundo se ouve as palavras "Don't fear the reaper" sendo repetidas várias vezes.
  • Deborah Harry - Integrante do grupo de punk rock "Blondie" tem uma música que diz: "Morra jovem e fique bonita, não fique velha e feia, você, morra jovem e fique bonita".
  • Deep Purple - Na capa do álbum 'Abandon', o título de mesmo nome aparece em vermelho, como se escrito com sangue e a imagem é de um homem saltando de cima de um prédio; em segundo plano, ao fundo vê-se o topo de vários arranha-céus.
  • Iron Maiden - Na música "Phantom of the opera" (Fantasma da ópera) eles cantam: "...e você sabe e eu sei que você não vai durar muito...", na "Another life" eles cantam: "...Mas estou cansado de viver/ Posso terminar tudo hoje", na "Innocent exile" (Exílio inocente) diz: "Minha vida é tão vazia/ Não tenho motivos para viver...", na "Killers" (Assassinos) diz: "...Minha hora é chegada/ Surge o chamado da morte um grito quebra o silencio da noite..." em "The Trooper" (O Cavalariano) diz: "...E enquanto eu fico esquecido e sozinho/ sem uma lágrima eu exalo meu gemido de morte", em "Still life" (Natureza morta) diz: "... Todo sangue da minha vida está sendo drenado lentamente/ e eu sinto que estou mais fraco a cada dia/ de algum jeito eu sei que logo/ estarei me juntando a eles no fundo da piscina... agora esta claro eu sei o que fazer/ ...de mãos dadas então pularemos na piscina/ ... oh...nós mergulharemos juntos/será para sempre", em "Powerslave" (Escravo do poder) diz: "Eu sou um escravo do poder da morte...", em "Heaven can walt" (Céu pode esperar) diz: "... É agora que poderia ser um anjo da morte que veio para mim...".
  • Ozzy Osbourne - Tem uma música intitulada "Suicide Solucion" (Solução suicida). Conforme noticiado no jornal Folha de São Paulo de 23.jan.86, o jovem John McCollum de 19 anos foi induzido ao suicídio por esta música.

        Influência dos Games

        - O estudante de medicina Mateus da Costa Meira, que em Novembro de 1999 estava com 24 anos, disparou tiros de submetralhadora numa platéia de 40 pessoas que assistia o filme "Clube da Luta" num cinema do MorumbiShopping, em S.Paulo. Meira repetiu exatamente as mesmas seqüências que verificamos no game Duke Nuken. Desde a entrada no cinema, no banheiro, a escolha e regulagem da arma, enfim tudo é uma infeliz repetição na vida real do que ele via nas cenas do game. Em sua casa foram encontradas dezenas de provas que Mateus da Costa Meira era viciado além do Crack e Cocaína, em games, dos quais fazia pirataria para conseguir algum dinheiro. Final Trágico: 3 mortos e vários feridos.(Folha de S.Paulo/O Estado de S.Paulo-05/nov/99).

        - Os jovens Eric e Dilan, que em abril de 1999, mataram 12 colegas e um professor na Columbine High School, no Colorado (EUA), eram entre outras coisas, viciado no jogo 'Doom'. Trata-se de um game em 1ª pessoa, onde a arma que aparece na tela, em primeiro plano, é da própria pessoa que está jogando, ou seja, ela assume literalmente o papel de quem atira. Coincidência?

       
NOTÍCIAS

        George Bush X Mensagem Subliminar

        - Bush é acusado de fazer propaganda subliminar (publicado na Folha de São Paulo e no New York Times) À primeira vista, o anúncio de TV da campanha do Partido Republicano à presidência sobre prescrição de remédios parece uma propaganda negativa comum.

        - O narrador começa elogiando a proposta do candidato do partido, George W. Bush, e criticando o plano de Al Gore, candidato do Partido Democrata. Fragmentos da frase "burocratas decidem" - ridicularizando a proposta de Gore - começam então a dançar na tela. Mas então, observando com atenção, é possível ver outra coisa. A palavra "rats" (ratos), fragmento da palavra "bureaucrats" (burocratas) aparece rapidamente em um quadro. E embora a imagem dure apenas 1/30 de segundo, a palavra aparece em grandes letras brancas, maiores que qualquer outra no anúncio. Alex Castellanos, que produziu o anúncio de 30 segundos, afirma que o uso da palavra foi "acidental". "Não jogamos desta forma. Não sou tão esperto", diz. Mas vários publicitários republicanos e democratas, assim como acadêmicos independentes, disseram que o fato indica uma tentativa subliminar dos republicanos para desacreditar Gore.

        - Após ser avisado sobre a palavra, o consultor-chefe de mídia de Bush, Mark McKinnon, disse que o anúncio deveria ser corrigido porque ele "certamente pode dar aos repórteres ou a qualquer outro razão para chamar a atenção". Mas, após rever o anúncio, ele mudou seus comentários. "Ratos não é uma mensagem", disse. "Plano ruim ou aposentados perdem poderiam ser. Mas ratos? Acabei de ver o anúncio cinco vezes seguidas. Por mais que observasse, não pude ver ratos." Quase todos os profissionais de propaganda entrevistados disseram que, pela forma como os vídeos são montados quadro a quadro, seria virtualmente impossível que os produtores não soubessem que a palavra estava aparecendo. "Não existe a possibilidade de que Alex Castellanos tenha feito alguma coisa por acidente", disse Greg Stevens, um veterano publicitário republicano. Ray Strother, presidente da Associação Americana de Consultores Políticos e um antigo publicitário democrata, disse: "Quando você está em uma campanha presidencial, você deve ficar muito, muito atento a todos os quadros de sua propaganda.

        - Você fica observando até as palavras que aparecem no boné de beisebol que as pessoas estão usando". Bobby Baker, chefe do escritório de programação política na Comissão Federal de Comunicações, disse que, se a palavra foi inserida deliberadamente, refletiria um "comportamento inconsequente". Ele diz que a comissão não veta propaganda subliminar, mas afirma que "há recomendações indicando que ela é inerentemente enganosa e contrária ao interesse público". O partido gastou cerca de US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 4,6 milhões) no anúncio, que ainda está sendo veiculado em 33 Estados. Ao todo, o anúncio foi ao ar cerca de 4.000 vezes.

 

 
Notícias Vip

 
Se você quiser
receber notícias Vip,
cadastre-se:

 

O 1º Portal Catarinense de Publicidade e Propaganda