::: Menu :::
:: Colunas
:: Artigos Técnicos
:: Vip Links

::: Tá na Mídia :::
 

Da esquerda para a direita:
Andrea Schwarz Aumond
,
Assessora de Marketing da FURB (Universidade Regional de Blumenau), Marta Elisabet Sigwalt Raldes, coordenadora de Marketing da FURB e Adriano Haake, Diretor de Criação da Free Comunicação comentando a nova campanha publicitária da Universidade.
www.furb.br
www.free.art.br



Elton: Conosco hoje no Tá na Mídia, a FURB. Pesquisa, ensino e extensão. Tudo isso sendo mostrado na sua nova campanha publicitária. A gente conversa hoje com Adriano Haake, Marta Elisabet Raldes e com Andréa Aumond que são da FURB e vieram hoje aqui acompanhando a FREE Comunicações, a nova agência da FURB que fez esse trabalho belíssimo e de impacto que está sendo veiculado na televisão. Que sucesso é esse, que ousadia é essa que vocês resolveram colocar no ar?

Marta: Realmente é um pouco ousada a campanha. Ela é conceitual, institucional e acabou sendo uma novidade na FURB. Nunca foi feita uma campanha com esse espírito e eu acho que é até uma novidade em termos de instituição de ensino superior, algo mais conceitual. Normalmente as instituições trabalham uma campanha de produtos específicos, de serviços, de eventos e essa campanha veio de uma forma diferente, para trabalhar o conceito, o espírito da FURB, mostrando o que ela é.

Elton: E como está a FURB no mercado hoje?

Marta: a FURB está consolidada a nível regional. Ela tem hoje 34 cursos de Graduação, 5 Programas de Mestrado, 15.000 alunos, cerca de 800 professores e algo em torno de 400 funcionários. Ela em tamanho não é uma universidade muito grande, porém é uma universidade que se propõe a um crescimento qualitativo dentro de um tamanho organizacional mais racional.

Elton: Aliás, com relação ao tamanho ela foi ficando pequena pois começou a se desenvolver e a crescer tanto que vocês foram obrigados a ocupar outros espaços na cidade:

Marta: Hoje a FURB tem 7 campus, todos dentro da cidade de Blumenau, mas a maior concentração de cursos, de serviços, pesquisa e extensão e toda a parte administrativa está no Campus I, que é o mais conhecido a até se tornou uma marca registrada, o mais lembrado da FURB até por sua localização privilegiada.

Elton: Vamos falar um pouquinho da história da FURB. Marta, você já está a quanto tempo lá?

Marta: Eu já trabalho na FURB há uns 14 anos. Digamos que eu tenha acompanhado com bastante intensidade esse tempo todo que estou na universidade, sempre muito envolvida em tudo e inclusive a gente vinha discutindo ultimamente a questão do marketing, a questão da FURB se voltar mais para o mercado. Mas só recentemente isso tem se efetivado e a universidade se voltou para o mercado mais especificamente nos últimos meses com a instituição de uma estrutura de marketing e uma equipe de profissionais.

Elton: Andréa, porque fazer uma campanha institucional justo nesse momento?

Andréa: Como a Marta comentou, a universidade já chegou numa posição destacada a nível estadual e em alguns momentos a nível nacional. A campanha institucional permite que a gente não venda um produto específico apenas, até porque ela já está consolidada em termos de cursos de graduação e de pós-graduação. Então, hoje ela se permite fazer uma campanha institucional onde possamos mostrar o lado mais humano da universidade.

Elton: Já foi feita anteriormente uma campanha tão forte como está se fazendo agora?

Andréa: EM termos de duração (a campanha atual vai ao ar até meados de novembro) é a primeira vez.

Marta: É uma campanha inédita em termos de duração e de enfoque também.

Elton: Qual o retorno esperado em cima de tudo isso?

Andréa: A universidade espera, com o decorrer da campanha, um aumento do seu Share of Mind (Lembrança de Imagem) e também como a abrangência é a nível estadual, pois praticamente 70% da campanha irá ao ar em todo o estado a gente também espera ter uma participação maior no Share desse mercado, o que depois vai nos permitir um crescimento nos cursos de graduação e na prestação de serviços. Porque a universidade agora está se voltando também para prestar serviços nas áreas tecnológicas, sociais e culturais para empresas. Então, eu creio que vamos ter esse lembrança que vai acabar possibilitando o crescimento esperado.

Elton: Hoje vocês têm alunos de todo o estado e até de outros como Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e inclusive alunos do Norte/Nordeste. Existe algum curso específico que eles procuram ou algum específico que a FURB destaca como algo mais próprio, que não tenha com tanta facilidade em outras universidades?

Marta: A procura dos alunos de outros estados está mais concentrada nos cursos da área da saúde, principalmente o de Medicina, que ocupa hoje uma posição de destaque na avaliação de cursos do Ministério da Educação. Ele é o que tem a pontuação mais alta entre os cursos. Ele foi avaliado, através do "provão", com o conceito "A" e dentre todos os cursos avaliados com esse conceito ele é o que tem a melhor média nacional. Isso tornou o curso de Medicina muito conhecido a nível nacional, muito pela divulgação que o próprio Ministério da Educação faz e um pouco também pelos atrativos turísticos e pela qualidade de vida da nossa região como um todo.

Elton: Vamos agora falar um pouco da campanha. Adriano, como foi fazer esse trabalho para a FURB?

Adriano: A gente já vinha há algum tempo discutindo essa idéia de fazer uma campanha institucional. Então montamos um projeto, a FURB entrou nisso junto e chegamos a vários pontos em comum, alguns deles bem interessantes. Como a campanha também não ficou apenas na questão do ensino, acabamos por ter muito material para mostrar, principalmente os pontos em relação à comunidade. Queremos com essa campanha mostrar a participação da universidade na comunidade para que a mesma se identifique com a FURB e também um lado positivo desse trabalho é onde ressaltamos essa coisa da humanidade. A campanha toda tem quatro fases: numa delas temos uma aluna do curso de biologia e noutra um médico que atua na cidade e é professor da universidade. Temos também um professor e pesquisador dos laboratórios de informática e uma senhora que faz parte dos cursos oferecidos pelo PROAP, que é um programa voltado para a terceira idade. E foi bem interessante que conseguimos pegar esse nixo da comunidade e acabamos por mostrar uma coisa real. Nós conseguimos mostrar no VT as coisas que os idosos fazem de verdade no dia-a-dia do programa.
Uma coisa que acho importante falar é que não basta só a estrutura tecnológica e o ensino para se formar um bom profissional, mas sim também tem toda a questão humana, o lado da "vida" e do convívio na universidade, e por isso é que trabalhamos o médico com o estetoscópio, a aluna de biologia com o girassol, ressaltando também o cuidado com o meio ambiente. Mostramos também a senhora participando e montando uma escultura durante uma das aulas do PROAP, o que não deixa de ser um projeto interessante que a FURB desenvolve para o idoso que tem ainda tanto a produzir e a fazer.

A partir desse momento da entrevista o programa Tá na Mídia exibe os 5 VT's que compõem a campanha feita para a FURB pela agência blumenauense FREE COMUNICAÇÕES. Os convidados fazem rápidos comentários a respeito de cada uma das peças e depois o apresentador, Elton Magalhães, agradece a FURB pelo apoio e patrocínio concedido ao programa e encerra o quadro Brainstorm.

24/08/2002

 
Boletim Tá na Mídia

 
Se você quiser
receber as manchetes
dos programas
semanais do
Tá na Mídia,
cadastre-se:

 
O 1º Portal Catarinense de Publicidade e Propaganda